Esperança

 Quem não desistir da busca, vencerá!
Insisto, persisto, e não desisto!
Estou munida  com todas as armas possíveis contra essa Besta enorme, esse Monstro horrível que se auto-intitula de Infertilidade. Estudo todas as possibilidades do seu ataque, todos os seus pontos fortes para que não me derrube e todos os seus pontos fracos para a poder atacar.. e vencer.
Estes doze meses já passados foram de espera, uma espera silenciosa em que aproveitei o tempo também para me conhecer melhor, conhecer melhor o meu corpo! É incrível mas é verdade.. até começar esta batalha pensava que sabia, mas não sabia  absolutamente nada.. mulheres que tomam a pílula limitam-se a engolir  as  21 esferinhas da embalagem e então esperar que o malvado ( Mr Red) resolva aparecer, e este, aparece mais certinho do que as contas no final do mês, não há nada que enganar!
Eu era assim.....
Agora só preciso da minha tabela criada em excel para anotar a temperatura e avaliar todos os sinais que o corpo me envia ao longo do ciclo...parece difícil mas não é!
É tudo natural, o ciclo pode variar um ou dois dias mas os sinais estão todos lá.. é extraordinário o corpo humano, um verdadeiro relógio...
Bom, coloquei de lado a espera e comecei o ataque...as análises hormonais estão feitas, a aguardar resultados, e comecei mas uma ronda com o meu amigo Dufine, desta vez com dois comprimidos por dia, na tentativa de que seja agora, de que nada falhe e que a nossa estrelinha já esteja a carregar baterias para começar a brilhar!
Tenho que acrescentar que pode ou não ser agora, pode ou não dar resultado, e se der resultado, até podem vir duas estrelinhas... é uma possibilidade, é um risco deste tipo de tratamento.. que seja, estamos por tudo. Porque temos a esperança.........
 
 
sinto-me: influenza(da)....
música: I'm yours.....Jason Mraz
publicado por cachita às 12:21 link do post | favorito