E o que nos resta é a esperança no horizonte

(notam-se algumas teias de aranhiços aqui pelos cantos)
Não é que não tenha tempo de aqui vir, aliás, tempo é algo que tenho de sobra ultimamente!!
( tive uma ameaça de aborto ás 6 semanas e desde essa altura que estou de "baixa")
Não sei...a veia para a escrita e desabafos não tem latejado tanto nestes últimos dias.... não sei...acho que não quero "agoirar". Ao vir aqui falar sobre como me sinto parece que estou a "remexer" muito no assunto e tenho um medo infundado e infantil que isso estrague tudo!!!
 
Há 8 anos atrás parecia tudo tão mais fácil...tinha 21 anitos e descobri que estava grávida ás 8 semanas,  tive uma gravidez normalíssima, com duas ecos feitas depois de tempo, sem ameaças de aborto, sem o fantasma do aborto a pairar em cima de mim constantemente....foi fácil, demasiado fácil!
E agora aqui estou eu.....cheia de medos e receios.
Com 8 semanitas também só me vou considerar oficialmente grávida quando sair da eco das 12 semanas e a médica me garantir de que a minha feijoca está bem! E  a primeira coisa que vou fazer quando sair da clínica é comprar a 1ª roupinha, tanto para ele como para mim....eheh, não, já não aperto as calças!!!!!!!!
 
(Claro que quem me conhece sabe que isto não é mais do que um desabafo! Estou grávida e feliz, estou a disfrutar este estado de graça desde o primeiro teste que fiz, mas também peço constantemente a Deus que ele fique aqui no quentinho da mamã até á hora em que é suposto dar o ar da sua graça ao Mundo)
 
E é mesmo isto que me resta..... olhar diariamente o horizonte e manter a esperança!!!!!!!
 
 
publicado por cachita às 15:42 link do post | favorito